• RSS
  • Orkut
  • Flickr
  • Facebook
  • Twitter
  • Tumblr
  • Youtube

Guia de Profissões - Engenharia Mecânica [Entrevista]

Posted by Equipe do Blog on 11:18 1 comment


Nome: Thiago Luiz Apolinário dos Santos
Idade: 23 anos
Profissão: Engenheiro mecânico

#UNIDARBlog: Porque a escolha dessa profissão?
Thiago Santos: Até 2004, eu me via em um grande dilema: “música ou engenharia?”. Eu gostava muito de física e de tocar contra baixo na igreja, por isso eu tinha essa grande dúvida. Em 2005, que foi o ano do meu vestibular, engenharia era uma profissão desprezada e desvalorizada. Na hora da matrícula eu decidi por engenharia mecânica, por ser uma das mais tradicionais (mecânica, civil, elétrica e computação), além de possuir, naquela época, a menor relação candidato/vaga.

#UNIDARBlog: Como alcançou seus objetivos?
Thiago Santos: Jesus me abençoou e me concedeu a aprovação no vestibular. Muitos milagres e provações ocorreram durante o meu curso, mas em todas essas batalhas fui mais que vencedor, graças ao Senhor. Apesar de muitas dificuldades, eu nunca deixei de fazer a obra de Deus; participava dos ensaios da Banda Canaã, dos ensaios da orquestra e cultos jovens, aos sábados, e não perdia os cultos dos domingos. Sempre fazendo o melhor possível e nunca deixando a obra de Deus de lado. E assim Deus foi fazendo aquilo que eu não podia fazer.

#UNIDARBlog: Quais os prós e os contras dessa profissão?
Thiago Santos: A grande vantagem da engenharia mecânica em relação às outras profissões é a abrangência a versatilidade de áreas possíveis de atuação. Além disso, as maiores empresas multinacionais têm seus nichos atrelados direta ou indiretamente à área de mecânica. Porém esse curso é um tanto complicado, pois possui uma grande quantidade de disciplinas e o básico não é ensinado por engenheiros, mas por matemáticos, fato que desestimula muita gente. Outra desvantagem (ou mesmo vantagem) é a grande exigência do mercado; por exemplo, quando alguém contrata um engenheiro, contrata um profissional capacitado a resolver qualquer problema, aprender e desenvolver metodologias em condições desconhecidas e que tenha um raciocínio lógico apurado em todas as situações e circunstâncias. Para ser um bom engenheiro, ao contrário do que a maioria pensa, não precisa ser bom em química, teorias físicas ou matemática, precisa-se ter prazer em desenvolver novos conhecimentos, gostar de raciocínio lógico, ser objetivo, detalhista e ter um raciocínio físico veloz.

#UNIDARBlog: Uma palavra para os jovens e adolescentes que pretendem seguir essa carreira.
Tiago Santos: Queridos, nunca desistam dos seus sonhos. Façam o melhor de vocês e entreguem o restante nas mãos d’Ele. O vestibular não é um “bicho papão” e ele não irá definir sua vida para sempre. Se vocês honrarem a Deus, nunca deixando a obra do Senhor, sendo fiéis, Ele fará aquilo que vocês não podem fazer. Um conselho: cuidado com as amizades da faculdade, pois o Inimigo é muito astuto, além de ser um grande estrategista. Não abram fendas, pois isso é o suficiente para que o Inimigo faça estragos em suas vidas. Cuidado com a vida espiritual; quando ela estiver bem, tudo vai bem. Resumindo, faça o possível e entregue o impossível nas mãos de Deus; fuja das aparências do mal e sempre leve a obra de Deus a sério. “O temor do Senhor é o princípio da sabedoria, e a ciência do Santo, a prudência” (Pv 9.10).

1 comentários:

Muito legaal, pena ser muita física, que eu particularmente não me agrado nem um pouco. Mas com certesa, uma ótima escolha para aqueles que teem o gosto diferente do meu (:
Muito Boa a matéria x)
Fiquem na paz!

Postar um comentário