• RSS
  • Orkut
  • Flickr
  • Facebook
  • Twitter
  • Tumblr
  • Youtube

Dia do Pastor

Posted by Equipe do Blog on 13:40 4 comments


     A Paz do Senhor queridos,

No dia 18 de junho se comemora o dia do Pastor, e queremos deixar a nossa singela homenagem ao nosso querido Pastor Aílton, mostrando alguns detalhes de sua vida.

O Pr. Ailton José Alves nasceu no dia 18 de agosto de 1953, em Timbaúba -
PE, sendo o primeiro filho do casal Benedito Claudino Alves e Maria Nelsina
Alves. Fez o início dos seus estudos até o Pré-Primário (alfabetização) na
Escola Santo Antônio. Estudou da 1a. até 5a. séries no Colégio Comercial de
Timbaúba (até dezembro de 1966). Fez a 6a. série na Escola Rural Alberto
Torres, em Tejipió - Recife - PE (1967). Cursou o Ginásio e o Científico no
Colégio Estadual Joaquim Nabuco - Rua Imperial - Recife (1968 a 1973).
Quando criança e início da adolescência, gostava de desenhar fachadas de
casas com bastante criatividade. Bem como gostava de fazer carros de
brinquedo de lata (recortada) ou madeira/compensado, numa época em que os
carrinhos plásticos não existiam, confeccionava brinquedos em forma de jeep,
caminhão, etc. tanto para o próprio uso como às vezes para vender. Nesta
faixa etária (10 aos 13 anos) também demonstrava senso de responsabilidade
tomando conta da mercaria do pai sempre que necessário.
Veio residir em Recife, juntamente com seus pais Benedito e Nelsina além de
oito irmãos, no dia 12/12/1966, onde foram inicialmente acolhidos por um
parente que, na ocasião era "pai de terreiro" de um centro de umbanda, para
onde se esforçou para atrair toda a família e principalmente o adolescente
Ailton de então 11 anos de idade, mas Deus criou situações, certamente em
resposta às interseções que já existia para proteger toda a família.
Aos 23/05/67, numa visita à terra natal, o senhor Benedito - pai do Pr.
Ailton - hospedou-se na casa de seus parentes, o então Pb. Manoel Alexandre
e esposa irmã Severina Alexandre, que há 10 anos vinham intercedendo pela
família e com os quais foi a um culto na igreja Assembléia de Deus onde
recebeu o Senhor Jesus como seu Salvador.
Todo o restante da família, em visita também aos parentes em Timbaúba fez a
sua decisão no dia 25/06/67, num culto de domingo à noite, exceto Ailton e
Adilson, mas o pastor José Ferreira, conhecido como José da Serra, falara
que toda a família estava incluída na oração. No retorno ao Recife a família
foi integrada à congregação da Assembléia de Deus na localidade de Azulão no
bairro do Jardim São Paulo, orientados por um Auxiliar Oficial por nome de
Samuel e esposa irmã Eulina. Nessa congregação a família passou a participar
ativamente dos trabalhos e o adolescente Ailton fez a sua decisão pessoal
para Cristo orando em seu quarto de dormir.
Já nos primeiros dias como evangélico, habituara-se a cercar a mesa após as
refeições para ouvir a mãe - a irmã Nelsina - ler a primeira Bíblia que
possuíram, (um Novo Testamento modelo grande dos Gideões Internacionais),
ali a semente da Palavra estava sendo semeada naqueles corações sedentos,
inclusive o do novo convertido Ailton. Naqueles dias também, era conduzido
por uma jovem da congregação de nome Lídia para o círculo de oração infantil
na congregação em Jardim São Paulo, sob a direção da irmã Josefa Davino.
Além disso, criou gosto pela oração e sempre ia aos círculos de oração de
adulto nas congregações de Jardim São Paulo, Totó, Areias, Pacheco,
Cavaleiro entre outros e quase sempre a pé, pois não dispunha de dinheiro
para ir de ônibus. E dessa forma que foi batizado com o Espírito Santo na
quarta-feira, dia 18/12/1968, no antigo templo de Pacheco, um salão com o
piso de barro que se localizava nos fundos do templo atual.
Ailton, já na sua adolescência enfrentou grandes tribulações, as quais foram
utilizadas pelo Senhor para prepará-lo para o grande encargo que haveria de
pôr sobre seus ombros, entretanto, em meio a essas circunstâncias, que Deus
lhe fez grandes promessas relacionadas à gloriosa chamada ministerial. Foi
também no início da juventude que já se mostrava zeloso e contundente na
resposta diante daqueles que vinham com interpretações da palavra de Deus
divergentes do que havia aprendido.
Foi na congregação em Azulão onde dedicou a sua vida e quando ainda
adolescente o dirigente da Escola Dominical na época, o diácono João Moreno,
percebeu que ele tinha uma chamada especial da parte de Deus e o estimulou a
vir de paletó para a EBD, vindo a ser professor já aos 15 anos e Auxiliar
Local aos 16 anos, época em que se esforçava a chegar cedo nos pontos de
pregação, fazendo o percurso a pé carregando os equipamentos de som para
instalar e convidar os vizinhos para o culto. Neste tempo, também tornou-se
componente do Conjunto Coral sob a regência do maestro Edvaldo Melquíades,
que cedo percebeu sua capacidade para ajudar como vice-maestro aproveitando
os conhecimentos que tinha para ler partitura. Além disso, sempre esteve
envolvido em atividade de limpeza e conservação do templo em azulão seja
diariamente ajudando a zeladoras como a irmã Maria de Paula (sogra do Pr
Almeida) e posteriormente a irmã Brasilina (mãe de João Moreno) e também
quando era necessário pintar o templo ou envernizar os bancos. Nisto está
demonstrado o zelo que sempre teve pela casa de Deus desde a sua
adolescência.
     Trecho do livro feito pelos adolescentes no ano de 2007, que mostra alguns detalhes da vida do nosso Pastor Presidente. E no dia do Pastor queremos dizer ao nosso Pastor Ailton , que o amamos e louvamos sempre a Deus por sua vida! Sabemos que não é fácil desempenhar tão grande obra, mais Deus tem o ajudado. Agradecemos pelo amor, pelo zelo,atenção, e também pela confiança que tem depositado em nós, nós somos felizes porque temos um pai tão zeloso. E no dia do Pastor mostramos a você leitor, que Deus sempre ajudou o seu servo Ailton, e o preparou para exercer tão importante tarefa. Fiquem na Paz queridos e até a próxima!

4 comentários:

Gostei muuito desse homenagem, mostra que o Pr Ailton sempre buscou ser temente á Deus e o Senhor viu a sua devoção. Isto é uma ótima lição para todos nós.

Parabéééns, pastor! *__*
Que Deus lhe abençoe muito mais. E que essas bênçãos se estendam a toda a igreja. (:
Digo por mim e por toda a UNIDAR: Nós amamos o pastor!
Adorei a homenagem. Quase choro. 'haha
Que sigamos o exemplo do nosso pastor. Sempre fiel, corajoso e dedicado na obra do Senhor.
Paz, queridos.

Este comentário foi removido pelo autor.

O nosso Pastor Aílton , verdadeiramente é um exemplo para todos nós !
o admiro bastante, estaremos sempre orando , continuemos sempre.
o que dizer mais do nosso Pastor... Um Homem de Deus !

muito bom o Blog ! que Deus abençoe !
Paz do Senhor !

Postar um comentário